O que há no meu diário…

“Até criar a verdade do que me aconteceu. Ah, será mais um grafismo que uma escrita, pois tento mais uma reprodução do que uma expressão.”

– Clarice Lispector –

Era inverno, sim. Disso não tenho dúvidas. Minha cabeça repousava sob o seu ombro, como quem desejasse a pausa do mundo por um segundo.

Chovia lá fora. Os pingos d´água batiam na janela como quem quer insistentemente fazer presença.

Mas o universo não podia parar, e entendi isso após me debulhar em um choro que parecia existir havia anos, exaurindo você de cansaço com meu desespero inconstante.

O suor misturado às lágrimas salgadas fizeram-me acordar. Não era um sonho. Como menina, minha única tarefa seria seguir o rumo ditado pelos que estavam de fora.

Observei você se levantar e cumprir a esperança rotineira dos minutos seguintes. Ali, percebi-me atada. Não éramos mais dois corpos em separado. Nem teríamos motivos para ser assim.

Eu havia, sem querer – ou, talvez, desejando por demais – entregado minha existência à sua bagagem.

O que a alma da garota não sabia é que aquilo a que tinha chamado de vida, até então, seria completamente modificado pelos sentidos exalados por você diante dela.

Assimilamos a jornada.

Eu, menina. Você, transcendência.

— Trecho do livro “Entre o tempo e o meu sentir”, que faz parte do projeto “Diário das Quatro Estações”, com Lunna Guedes, Maria Cininha e Raquel Stanick —

Anúncios

4 comentários sobre “O que há no meu diário…

  1. Inge Lobato disse:

    Um pequeno e delicioso trecho da vida da menina se transformando em mulher, do inverno necessário para que a alma possa novamente florescer. Ansiosa por aqui aguardando a estreia do diário!! Sempre lindo, não há o que dizer, querida! Beijos da fã!

    Curtir

  2. Claudia Costa disse:

    Letras de sonho. Aliás, orna lindamente com as palavras da Lunna que normalmente nos levam a fazer viagens assim.
    Não vejo a hora de ler seu livro prontinho para mostrá-lo orgulhosa para o mundo.
    Doces sonhos, menina linda, entre realidades…

    Doçura.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s