Desalinhos…

Quero assistir o sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer e quero viver

Deixe-me ir, preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir pra não chorar

Se alguém por mim perguntar
Diga que eu só vou voltar
Depois que eu me encontrar

[Preciso me encontrar – Cartola]

Hoje eu saí de mim para não mais voltar… escrevi esse punhado de deslizes, antes que o tempo fosse breve demais e as palavras subitamente decidissem escapar entre meus olhos. Noto, cada vez que me sento aqui, o quão fugidias elas estão, nestes tempos em que nada se prende.

As coisas apenas se afastam, num sopro. Quando dou por mim, tudo trocou de lugar… a impressão que fica – bem lá no íntimo, onde as conversas e diálogos se dão apenas entre alma e coração – é que sempre é tarde demais quando chega o tempo de olhar para minhas “ardências primárias”… que se fazem infantis, de tão óbvias, mas são absurdamente necessárias.

Estas linhas não têm a função de salvar vidas… escrevo apenas para deixar nesse rastro de papel o pouco que sobrou de mim… O que está sangrando, porque em mim existe essa espécie de abismo natural.

Procuro de modo leviano e, por que não dizer, desastroso, algo que seja genuinamente meu, em meio a tantas incertezas que invadem o ambiente a me cercar. E as indagações se repetem, em coro: “Já fez? Agora? Amanhã? Como? Temos pressa! Urgente! Vamos! Não é possível!”

Ufa! Tarde demais.

Sim…

Anúncios

8 comentários sobre “Desalinhos…

  1. Crônicas de Outono disse:

    Querida Tatiana,
    Você descreveu de forma muito linda o processo interno pelo qual sinto que estou passando. E o pior é essa sensação de pressão, de urgência da alma que reclama por atenção e cuidado. Aí vem a vida, e sacode a gente de um lado pro outro, e retira todas as certezas possíveis, deixando uma sensação cartesiana de “nada sei, portanto inexisto”. E, para mim, esse processo tem sido muito lento, e quando chego a uma conclusão, a vida já mudou a pergunta… too late pra mim, rsrsr… Adorei seu texto, e saiba que ele salvou uma vida, sim, porque eu me identifiquei muito. Beijos da fã!!

    Curtir

  2. Mariana Gouveia disse:

    Amei a mudança…cheiro de coisa nova. Tão bom te ler. Ando um pouco em falta até mesmo por ordens médicas. Voltando aos poucos. Cavando esse abismo natural.
    Você me retrata. Mas isso eu já disse. Beijos

    Curtir

  3. Hélia disse:

    Vim hoje sabendo que estaria melhor… mas, ao mesmo tempo, me perguntando: “Como?”… Porque a gente às vezes gosta tanto de algo, que não sabe como poderia melhorar…

    Mas você conseguiu, como sempre…

    Esse espaço, que já era tão belo, está ainda mais lindo…

    E você, que já me parecia tão perfeita em cada uma de suas linhas, consegue ser ainda mais encantadora!

    Como eu já te disse, me encanta ler seus textos porque, entre tantas outras qualidades, eles conseguem ser tão suaves e profundos ao mesmo tempo! Como? Pode ser um mistério… Ou pode ser porque, simplesmente, você também é assim…

    Eu só sei que esse texto toca meu coração como uma pluma, bem levemente… e, no entanto, ele adentra bem fundo em minha alma. Amei e me identifiquei demais!

    Beijos, com todo carinho e admiração! ^^

    Curtir

  4. Carmem Grinheiro disse:

    Olá Tatiana,
    Seus textos, como sempre, duma profundidade inconfundível.
    Também eu, de vez em quando, saio de mim para não voltar, sem que encontre enfim, o que me foge, e que sei que é meu. Mas acabo sempre por regressar com o resto de mim, que cada vez mais é apenas um resto.
    Enfim, quero acreditar que ainda é tempo.
    Bjo amigo – é sempre bom reencontrar seus escritos
    Carmem

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s