Translúcida

Observo o som do tilintar de meus dedos no teclado do note, que denuncia: a tarde já está no meio e o movimento foi quase nulo por aqui… A não ser pelo detalhe das sombras, que trazem um enrijecimento qualquer ao meu sentir, poderia notar-me pálida, opaca – feito os segundos que não se percebem passar no relógio – aguardando tão somente a indiferença para seguir existindo do mesmo modo… como sempre. Até ontem eu possuía todo um discurso pronto à mão, mas hoje meu olhar apenas rasteja através daquelas palavras que ficaram por dizer.

Anúncios

3 comentários sobre “Translúcida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s