A sustentável leveza da dúvida…

Eu nada sei sobre notas musicais afinadas, dias ordenados no calendário, nem mesmo horas que se seguem – uma após a outra – no tilintar dos relógios…

Pouco entendo acerca dos voos tranquilos que os pássaros dançam à beira da minha janela, em uma calmaria que me assusta e admira, por sua incompreensível dimensão mágica.

Nunca me foram claras as razões deste universo amplo a me cercar: apenas sei que ele me é oferecido a cada segundo em múltiplas vertentes, com suas cores imensuráveis e suas possibilidades certeiras…

Não suspeito das veias que correm no sangue dos humanos com quem me deparo, mas causa estranhamento aos meus olhos, sim, o modo como este pulsar se traduz em palavras, gestos e posicionamentos.

Não conheço o futuro… me esqueci do passado… e no presente me sustento apenas por uma série de dúvidas e inefáveis inquietações.

Anúncios

Um comentário sobre “A sustentável leveza da dúvida…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s