À francesa…

Em poucos instantes na vida me concedi uma pausa para ponderar a mim mesma. Sempre fui movida pelas pessoas e suas presenças, que fizeram de mim o que sou hoje. Não foram muitas as que realmente causaram impacto, mas cada uma delas foi importante e, por isso, penso que seja tão difícil me desapegar.

Com o tempo, fui conseguindo ter abertura e pedir um momento para me encontrar. Consegui isso há bem pouco, quando já me sentia sufocando. Tenho aprendido muito comigo mesma e quero seguir nesse aprendizado.

Justamente por conta de tudo isso, confesso que não entendo certas reações. Afinal, aqueles que de fato são próximos deveriam saber reconhecer quando tudo fica denso, o instante em que o ar se torna pesado demais, em vez de nos julgar ou condenar porque precisamos apenas da nossa própria companhia.

Muitas e muitas vezes, disseram-me que eu não deveria esperar demais das pessoas. Eu entendi, mas mesmo assim sigo esperando por mais e mais, porque foi assim a minha vida inteira. Como mudar de repente? De fato, não sei…

Algumas coisas são frustrantes e machucam, e sei que sou transparente a ponto de me deixar tocar por pequenos gestos, até mesmo pelos mais simples. Sofro, mas percebi que todos os sentimentos me fazem mais forte, permitindo, por exemplo, a escrita como escape.

Notei também, acima de tudo, que as pessoas ficam em nossas vidas se assim for o desejo delas. Caso contrário, vão embora, o que não quer dizer que somos mais ou menos importantes. Quer dizer apenas que o tempo passou…

Como observo que deixou a porta aberta, saio à francesa, para não fazer barulho. O que falarmos a mais, em minha singela opinião, será excesso.

Anúncios

3 comentários sobre “À francesa…

  1. Roseli Pedroso disse:

    Minha querida, o que dizer dessas suas palavras? Acertou-me em cheio! Preciso pregar isso nas paredes de meu quarto e ler inúmeras vezes até assimilar. Também sofro desse “apego” e sofro demais ao vê-las se afastar. Vou me matricular nesse curso de “Sair à francesa”.
    Beijo n’alma

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s