Lilás

Penso em ti quando a noite me abraça e tua aura me narra segredos do que ainda não sei. Sinto em mim a dúvida que, em vez de machucar, traz afago ao meu coração…

Tua presença-intensidade entrega-me novas chaves para abrir portas antigas… e já não me incomodam as respostas acompanhadas de pontos de interrogação.

Levo meu peito próximo ao teu se a vida pesa e – como num passe de mágica – a dor se transforma em dia seguinte, deixando para o hoje apenas o que restou de um riso largo, despretensioso de nós…

Ainda não aprendi a juntar – por conta própria – os cacos deixados pelo caminho… eles são tantos que me cansam!

Mas, ao teu lado, descobri que é possível fazer um intervalo e, em meio a essa trilha, também colher flores! Hoje mesmo, pela manhã, fui presenteada com uma linda hortênsia lilás.

Vês? Guardei para ti…

Anúncios

2 comentários sobre “Lilás

  1. Mariana Gouveia disse:

    e a intensidade de suas palavras me abraça.

    suspirando, suspirando, suspirando…vou ali ver se minhas hortências floriram.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s